Desde 2002

Seu Guia para Viajar, Trabalhar, Morar ou Estudar na Austrália

Austrália

Home  Mapa do Site   Anunciar

  English
  Español
Austrália Cidades Estudar Turismo Trabalhar Onde ficar Vistos Diversos
Tópicos Vistos:
  Visto de Turista
  Visto de Estudante
  Visto de Trabalho
  Visto Negado
  Renovar Vistos
  Imigrar
  Obter Cidadania
  Agentes-Imigração
  Nível por País
  Dois Passaportes
  Ficar Ilegal
  Vistos-Dicas
  Vistos-Links
  Vistos-F.A.Q.
  Vistos-Noticias

 

 

Link Patrocinado

Banner Mquality - Imigrar para a Australia

Vistos
para
 Austrália
(Página Índice)

  Atenção: Todas as informações contidas neste tópico servem somente como um guía, e podem estar desatualizadas. O Departamento de Imigração da Austrália constantemente modifica e atualiza suas normas e requerimentos para praticamente todos os tipos de vistos. Para informações corretas e atuais, consulte diretamente o website oficial da Imigração Australiana (em Inglês).

Visto para entrar na Austrália - O intrépido Capitão James Cook (estátua acima), não precisou de nenhum. Ele entrou na marra, e não se deu nem ao trabalho de solicitar um "Conqueror Visa" ou Visto de Conquistador. Os Aborígenes eram os donos da terra, e quando pediram o Passaporte para o Cook, ele mostrou meia dúzia de canhões além dos dentes impregnados de maresia. Após abrir a boca, matou quase metade dos Cangurus australianos sufocados, e por isso foi aprovado com um visto de colonizador permanente, desde que não se dirigisse com a palavra a ninguém, e se mantivesse longe dos animais. A Coroa, (não a mãe dele, mas a Inglesa) decretou que doravante só entrava na Austrália Inglês de carteirinha, ou quem houvesse cometido algum crime hediondo por lá. Bem...Isso foi há muitos anos, numa época em que era moda invadir país dos outros e creme dental não era vendido em tubinho. Hoje muita coisa mudou, e a Austrália para controlar o vai e vem de pessoas adota vários tipos de vistos, um para cada tipo de situação.

 Para cada tipo de visto, existem exigências diferentes aos candidatos, incluindo fotos, documentação, questionários, vacinas, tempo de permanência, e até mesmo o país de cidadania influi na maneira de se aplicar. Na classificação por Nível de País, o Brasil está no nível 2. Portugal está no nível 1, o que permite aos Lusitanos se aplicarem até mesmo pela Internet (e-visa) e mostrar menos documentos. Todos os vistos incorrem numa taxa a ser paga para Embaixada, que varia de acordo com o tipo de visto,  e que não será restituída caso o visto seja negado. Não é preciso ir ao seu país de origem para obter um visto para Austrália, é possível fazer através do Consulado da Austrália de qualquer país em que a pessoa estiver, desde que o mesmo tenha relações diplomáticas com a Austrália. 

A Embaixada da Austrália trata todos os candidatos de um mesmo país concorrendo ao mesmo tipo de visto, da mesma forma. Ou seja, existe um mesmo critério para todos preencherem os formulários, e a avaliação se dá de forma não discriminatória, seguindo o mesmo princípio para todos. O que importa, é que o candidato se enquadre nos requisitos e regras exigidas pelo departamento de Imigração da Austrália para que o visto seja concedido. Na opinião de quem vos escreve, um dos critérios que mais afeta aos brasileiros em particular, é a quantidade de recursos financeiros a serem demostrados, muitas vezes, somente ao alcance de uma minoria. No momento, a Embaixada solicita que o candidato comprove que tem no mínimo AU$ 1500,00 para cada mês (em 2010 A$ 18.000,00/ano) que for permanecer na Austrália (exclui hospedagem, cursos, passagens etc), e também algum tipo de vínculo com o país de origem, seja um emprego a ser continuado, matrícula num curso a ser concluído, etc...

Para os Brasileiros (ou qualquer outra nacionalidade) que quiser dar entrada em qualquer tipo de visto para a Austrália, o candidato não necessita obrigatoriamente efetuá-lo através de um despachante, e poderá  fazer por conta própria, desde que efetue corretamente o preenchimento dos formulários, e não se esqueça de anexar TODA a documentação exigida, principalmente a comprovação financeira. 

  • Em um envelope de SEDEX, Envie para: Embaixada da Austrália - SES Qd. 801 Conj. K Lote 07, CEP 70200-010 - BRASÍLIA - DF." o seu passaporte, o formulário preenchido, as cópias autenticadas dos documentos comprobatórios de situação financeira, as fotos, a carta de oferta de vaga da instituição de ensino Australiana (COE no caso de visto de estudante), e um cheque nominal à Embaixada da Australia, no valor corrente do custo do visto (incluir dentro do envelope um envelope SEDEX pré-pago e endereçado à você, para retorno dos documentos). O processamento do visto demora entre 5 e 30 dias dependendo da época do ano e do tipo de Visto.

Leia no quadro e opções à esquerda nessa página, diversos tópicos sobre vistos para a Austrália.

 

Eu trouxe aqui o certificado de matrícula no grupo de escoteiros-mirins da cidade de Cumuruxatiba. Será que isso vale como prova de vínculo com meu país? 

Google Web Portal

 

 

 

 

 | Termos de uso Privacidade | Quem somos | Consultoria | Curriculum Vitae | Anunciar | Contatos |

© Portal Oceania.com - Todos os direitos reservados - É vetada a reprodução de textos e fotos sem autorização.